Conheça sintomas e reações do seu corpo que parecem fome, mas não são

Assim como beber água, comer é uma necessidade biológica de qualquer ser vivo.  Com as evoluções, a vida moderna tem mudado até este hábito e a forma como nos relacionamos com a comida. Isso ocorre porque a rotina agitada tem levado as pessoas a desenvolverem um apetite desenfreado. No entanto, é preciso estar atento para reconhecer se você está confundindo sintomas e reações do seu corpo que parecem fome, mas não são.

fast-acai-noite-mal-dormida

NOITE MAL DORMIDA

Apesar da relação entre o sono e o sobrepeso não ter sido confirmada ainda, pessoas que dormem menos de oito horas por noite tendem a ganhar peso por comerem porções maiores que as normais.

fast-acai-preguica-procastinacao

PROSCRATINAÇÃO

Quando não queremos realizar uma tarefa, redigir um texto chato ou começar um trabalho, a comida se torna uma forma de desculpa interpretada como fome.

DESIDRATAÇÃO

Sentir fome constantemente pode ser sede. Por isso, antes de pensar em comer, beba um copo d’água, afinal a fome verdadeira reage a estímulos corporais e ambientais típicos, como estômago roncando e salivação em horários pré-estabelecidos de alimentação.

SUBNUTRIÇÃO

Esta doença causada pela carência de certos nutrientes no organismo deve ser tratada através de suplementação alimentar, diversificação da dieta e exercícios físicos.

fast-acai-estresse

ESTRESSE

A ansiedade e o estresse são causas comuns para a compulsão alimentar e podem estimular a fome de maneira indireta, sendo uma forma da pessoa se tranquilizar.

TPM E GRAVIDEZ

A carga de hormônios que o corpo feminino recebe durante o período de tensão pré-menstrual e de gravidez provoca desejos específicos que resultam na maior disposição para comer.

fast-acai-tristeza

TRISTEZA

Conflitos de qualquer natureza provocam no indivíduo alterações nos níveis de serotonina, o hormônio do prazer. Essa substância é liberada com os alimentos e, por isso, comer quando está triste pode ser um alívio instantâneo.

fast-acai-complusao-doces

COMPULSÃO

Comidas ricas em açúcar despertam o desejo por esse tipo de alimento. Isso ocorre porque alimentos com alto teor de açúcar prejudicam a atuação da leptina, que é um hormônio que controla a saciedade.

FALTA DE PROTEÍNA

A proteína aumenta a saciedade e, consequentemente, reduz a fome. Além disso, é o macronutriente essencial para a construção e reparação do nosso corpo.

Agora você já conhece algumas situações que podem ser confundidas com fome e merecem atenção. Por isso, cuide de sua alimentação e faça exames regularmente.

Recommended Posts