Saiba mais sobre os riscos dos projetos de verão a curto prazo

Com a chegada do mês de janeiro e o início do verão, vê-se cada vez mais pessoas aderindo às dietas radicais a aos exercícios desenfreados para ficar com o corpo sarado e visitar a praia sem a culpa de estar acima do peso ou fora dos padrões estéticos estabelecidos. Porém, um dos maiores riscos dos projetos de verão a curto prazo é que eles podem ser prejudiciais à saúde e apresentar efeitos temporários, o que apenas contribui para o efeito sanfona ou iô-iô.

Por não respeitar os limites do corpo quanto à resistência física e fisiológica, a prática de exercícios e as dietas malucas podem causar danos à saúde de uma forma mais grave, pois podem acontecer lesões pelo exercício físico em excesso ou mal executado, além de deficiências nutricionais com grandes consequências à saúde, já que o consumo excessivo de proteínas pode prejudicar o funcionamento dos rins.

Saiba mais sobre os mitos e as verdades das dietas da moda

Além dos riscos dos projetos de verão a curto prazo para a saúde, os projetos de verão em nada contribuem para a consciência de uma vida saudável. O emagrecimento em pouco tempo é um chamariz que tem sido incentivado pela recomendação dos digitais influencers, o que é muito perigoso, pois nem tudo o que dá certo para um ou outro dá certo para todos. Dessa forma, o ideal é sempre contar com as dicas profissionais que levem em consideração as características fisio-biológicas de cada paciente. Apesar de parecer mais demorado, alguns especialistas defendem que os efeitos de um bom hábito alimentar aliado a exercícios podem ser percebidos em um prazo de 15 a 30 dias.

Passos importantes para evitar os riscos dos projetos de verão a curto prazo

  • Avaliação física e histórico do paciente

Pessoas que possuem histórico familiar de hipertensão, diabetes, colesterol alto e morte súbita devem ter mais cuidado na hora de se exercitar.

Por isso, antes de começar a praticar exercícios é essencial fazer a avaliação para analisar os riscos cardiovasculares e osteomusculares.

  • Durante os exercícios

Se sentir dores e desconfortos do peito, cansaço desproporcional e desmaio, é necessário suspender os exercícios e comunicar o médico imediatamente.

  • Alimentação

Ao invés de optar por dietas extremas, mantenha uma alimentação rica e balanceada, se hidrate bastante e jamais faça exercícios físicos em jejum.

  • Respeite seus limites

Desejando emagrecer em pouco tempo, muitas pessoas ultrapassam os seus limites. Porém, não percebem os riscos do projetos de verão a curto prazo e geram graves consequências para a saúde.

O ideal é fazer do “projeto verão” uma reeducação alimentar e de resistência física o ano todo para estar em boa forma quando janeiro chegar. Procure sempre um especialista e busque ter hábitos de vida saudáveis e de forma agregada nas rotinas como um todo.

Postagens Recentes